Jujuba Jóias
moda
tendências
viagens
beleza
decor
cultura
culinária
19 out 2020
A gente sabe que uma boa noite de sono deixam o corpo e mente descansados, é essencial para manter o desempenho durante o dia e a qualidade de vida. O que poucos sabem é que dormir bem ajuda na saúde capilar.
“Um dos hormônios liberados com o sono é a melatonina, que traz consigo grandes efeitos no corpo como fornecimento de energia proporcionado pela presença de antioxidantes, prevenindo enxaquecas e o câncer. Também existem propriedades que beneficiam o crescimento capilar, impulsionando a área do bulbo. É antagonista do DHT, hormônio ligado a um tipo de queda de cabelo herdada geneticamente, além de atuar em células produtoras de queratina”, explica a tricologista Viviane Coutinho.
Dormir bem não é fácil para algumas pessoas, mas é necessário para todo o corpo.
Auxilio texto: tricologista Viviane Coutinho / Thiago Freitas ([email protected])
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

16 set 2020

Na pandemia do coronavírus, um acessório se provou eficaz desde o início: as máscaras. O uso coletivo delas vem se mostrando cada vez mais essencial para a proteção e bem-estar de cada indivíduo.

Só neste ano, a Fashion Masks, startup de moda criada em meio à pandemia para desenvolver projetos de inclusão social e geração de renda para trabalhadores informais, produziu mais de 150 mil máscaras para todo o Brasil. A empresa trabalha com máscaras com dupla e tripla camadas, confeccionadas com tecidos de algodão, de TNT e antivirais, essas com eficácia comprovada em laboratórios da Austrália e Suíça. A startup segue as normas do Ministério da Saúde para produção de máscaras de tecido e toda a rede de colaboradores é instruída a utilizar materiais de segurança (álcool em gel e máscara) durante o manuseio dos produtos.


Brenno Faro, CEO da Fashion Masks, separou algumas dicas na hora de usar as máscaras de tecido, para que a proteção contra o vírus seja eficaz. Confira:

1- Troque a máscara a cada 2 horas

As máscaras de tecido devem ser trocadas a cada 2 horas, pois o tecido fica úmido e perde a sua função de barreira. Quando for necessário sair de casa, o ideal é levar a quantidade de máscaras necessárias para realizar cada troca. Também é recomendado colocar a máscara em um saco plástico até que possa ser realizada a lavagem.

2 – Lave as máscaras entre os usos

As máscaras de tecido devem ser lavadas com sabão neutro, deixando de molho por, pelo menos, 15 minutos. Após a lavagem, deixe secar naturalmente antes de usar.

3 – Não encoste no tecido da máscara

Quando for manusear a máscara, não toque no tecido frontal, mesmo que suas mãos estejam limpas. Toque apenas nos elásticos.

4- Se puder, dê preferência para máscaras com tecidos antivirais

As máscaras antivirais possuem eficácia contra o coronavírus comprovada em laboratório. O tecido desativa o vírus por conter partículas de sal de prata com poder inibidor do crescimento microbiológico e uma vesícula de gordura (lipossoma) que ajuda a destruir a membrana protetora do coronavírus e, consequentemente, o próprio vírus. Elas são compostas por três camadas de malha 100% algodão, sendo as duas primeiras hidrofóbicas (com repelência à água) e a última camada antiviral.

5- Escolha modelos que cubram por completo

As máscaras devem ter um tamanho adequado para cobrir o nariz, boca e queixo e devem se ajustar corretamente ao rosto, de forma que o tecido fique bem rente à pele. É importante lembrar que a máscara não pode ser removida para falar, espirrar, ou usada na testa e pescoço.

Fonte: Bheatriz D’Oliveira ([email protected])
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

09 set 2020

Entre as estações de verão e inverno, existe uma variação considerável de temperatura. Mas e em relação a umidade? Mesmo que os níveis de umidade também variem por diversos fatores, é importante entender que os parâmetros de umidade ideais devem ser mantidos independente da estação do ano.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a umidade ideal para a saúde dos seres humanos está entre 50 e 60%.

Alguns fatores levam ao aumento da umidade nas diferentes estações do ano. No verão, por exemplo, os intensos períodos de chuvas são responsáveis pelo aumento do nível de umidade. Durante um dia chuvoso, a umidade relativa do ar pode beirar os 100%, causando infiltrações e maior incidência de mofo.

Já nas estações mais frias como o outono e, principalmente, o inverno, apesar da umidade externa ser relativamente mais baixa, várias atividades em ambientes internos resultam na umidade em excesso, como manter as janelas e portas fechadas em função do tempo frio, cozinhar alimentos como sopas e caldos e tomar banhos quentes.

Por que é importante manter a umidade entre 50% e 60%

A alta umidade favorece o desenvolvimento de microrganismos prejudiciais à saúde como ácaros, bactérias e fungos. Normalmente, os ácaros se espalham pela casa, alojando-se em tapetes, cortinas, roupas, lençóis, estofados, etc. Estão presentes também quando há pó. Já as bactérias são responsáveis por quadros de infecção, e também não são visíveis a olho nu.

Por sua vez, os fungos que dão origem ao bolor e ao mofo, em estágios mais avançados, podem ser vistos com maior facilidade. O mofo, além de provocar alergias respiratórias, também destrói todo e qualquer tipo de material orgânico, o que inclui móveis de madeira, portas, janelas, papéisfotosalimentos, roupas, etc.

De fato, as perdas materiais são indesejáveis, mas o principal é a preocupação com a saúde. Os danos à saúde provocados pelos microrganismos são imensuráveis. Vão de um simples caso de alergia leve, a casos mais graves, como os fatais em decorrência de asma, por exemplo.

Casos de complicações respiratórias, os principais decorrentes da ação de microrganismos como ácaros e fungos, atingem boa parte das pessoas no Brasil. Segundo a OMS, 30% dos brasileiros sofrem de algum tipo de alergia. Neste contexto, estão principalmente as respiratórias.

Dentre as doenças, destaca-se a rinite (com prevalência em 25% da população) e a asma (presente em cerca de 20% das crianças e adolescentes brasileiros). Também estão na lista, a bronquite e a sinusite.
Sendo assim, o controle sobre a umidade mostra-se fundamental para preservar tanto os bens materiais, quanto a saúde respiratória, seja no verão ou mesmo no inverno.

A melhor maneira de manter os níveis corretos de umidade em um ambiente é com o uso de desumidificadores. O Desidrat, da Thermomatic, através da tecnologia de condensação, remove o excesso de umidade e mantém os níveis controlados entre 50% e 60%, recomendados pela OMS. Além disso, o Desidrat retém as partículas em suspensão, devolvendo ao ambiente um ar muito mais saudável.

Fonte: Thermomatic do Brasil

Imagem: https://www.dufrio.com.br/blog/ar-condicionado/residencial/umidade-ar-quais-os-possiveis-reflexos-em-nossa-saude/

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

31 ago 2020

Em tempos de quarentena, em que a recomendação é que famílias fiquem em casa para evitar o aumento de casos do Covid-19, pais e filhos intensificaram a convivência diária e o período pode ser uma boa oportunidade para uma aproximação entre eles por meio de diferentes atividades.

“Pais que estão trabalhando de casa, no esquema de home office, podem aproveitar para acompanhar a realização da tarefa escolar. Permaneçam no mesmo cômodo, criem uma atmosfera de trabalho que também envolva a criança. Recomendamos também montar um planejamento de estudo e ter um local específico para este momento em casa, se possível um cômodo iluminado, organizado e longe de distrações para que ambos consigam produzir”, diz Bruna Duarte Vitorino, pedagoga com mais de 15 anos de atuação na área de educação e atualmente coordenadora do setor pedagógico do Kumon.

É a oportunidade para usar este tempo com qualidade. “Aproveite para conhecer melhor os conteúdos que seu filho está estudando na escola. Juntos podem ler, conversar e buscar novos conhecimentos. Uma boa dica para organizar os estudos é seguir o cronograma escolar, nos dias de cada matéria procurar revisar os conteúdos e buscar se aprofundar por meio de vídeos no Youtube e pesquisas na internet”, acrescenta a pedagoga.

Sabe aquele momento de qualidade com as crianças que às vezes na correria se perde? Aproveite agora para transformar as atividades com as crianças em algo prazeroso, lúdico e valioso.

Mas, segundo a pedagoga, para este período ficar ainda mais produtivo, é preciso estabelecer uma rotina que envolva toda a família.

Confira algumas atividades simples, listadas pela pedagoga, e que estão sendo colocadas em prática na casa da família Pacheco para descontrair todos durante o isolamento social:

  1.    Contação de história

Reforça os laços com os seus filhos além de estimular o gosto pelos livros. Escolha um conto e proponha a leitura em conjunto, cada um lê uma parte. Dê liberdade para interpretar e incorporar vozes aos personagens e ao narrador, assim a ocasião se torna mais divertida.

  1.    Desenhar e estimular a escrita

A atividade é ótima para aguçar a criatividade, conhecimento, concentração, além de ajudar na coordenação motora. Separe desenhos para colorir e contornar, que contenham letras do alfabeto e números, por exemplo.

  1.    Jogos de memória e concentração

Jogos são sempre divertidos, estimulam a coordenação motora e o raciocínio lógico. Faça brincadeiras em grupo como: quebra-cabeça, dominó, dama, xadrez, palavras-cruzadas, jogos de adivinhação, vôlei, futebol, entre outros.

Auxilio texto: Ana Cristina Velasco ([email protected]) / Bruna Duarte Vitorino, pedagoga

Imagem: Blog da Mariah

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

Sobre a Mariah

Oiii bloguetes, sejam bem vindas (os) !!

Este é o nosso espaço, onde divido com vocês as minhas idéias, viagens, novidades sobre beleza e claro, vídeos pra lá de engraçados com dicas de cabelo, maquiagem, receitas… Tudo o que nós gostamos de saber!

O blog existe desde Outubro de 2007 e, quando comecei nessa vida de blogueira, não imaginava no que ele poderia se transformar um dia! Graças à vocês, que estão comigo todos os dias, o blog tem muitos acessos e ficou conhecido no Brasil e exterior.

Não posso deixar de mencionar um fato que sempre me faz muito feliz (muito mais do que acessos, comentários, anúncios),que é conhecer cada uma de vocês!!! Nada melhor do que fazer novas amizades, e até quem sabe, novos negócios!

Essa é a nossa casa! E vamos continuar com o nosso papinho de amigas (os)?

Beijos com carinho,
Mariah

Fale com a Mariah

Olá, bem vindos!!

Endereço para contato do Blog da Mariah:
Rua General Glicério, 870 / Centro / Araçatuba-SP / CEP: 16010-080

ou no email: [email protected]

Obrigada!!

Receba nossa newsletter

e acompanhe a Mariah nas redes sociais!

Anuncie

Tem interesse em anunciar no Blog da Mariah?
Por favor, não hesite em entrar em contato conosco no email

[email protected]

Obrigada!