Jujuba Jóias
moda
tendências
viagens
beleza
decor
cultura
culinária
29 Maio 2020

Manter uma relação de autocuidado sempre foi um recurso para manter a saúde em dia,  mas neste período de quarentena, principalmente, o ato ganhou até mais importância. Pensando nisso, Helena Peirão, coordenadora do Spa Shamash Healing do Txai Resort Itacaré, ensina como fazer uma automassagem para o fortalecimento da imunidade no perfil oficial do hotel no instagram (@txairesorts). No vídeo intitulado “Para Sentir”, a profissional mostra como trabalhar apenas os braços, as mãos e as pontas dos dedos com movimentos práticos que duram aproximadamente 10 segundos.

Para aqueles que nunca praticaram a automassagem, aconselhamos fechar os olhos para perceber a importância do toque. Vamos lá?

Na primeira parte da sessão, mantenha os braços ligeiramente para frente e desça as mãos na parte interna até chegar ao dedo mínimo durante aproximadamente 10 segundos. Repita o movimento descendo até o dedo médio e prossiga novamente, só que dessa vez em direção ao dedo polegar. Os movimentos indicados trabalham o coração, o pulmão e o intestino delgado.

A coordenadora do Spa Shamash Healing indica usar óleo vegetal de uva, gergelim ou girassol para obter todos os benefícios da massagem. Só não misture eles, escolha apenas um. Caso queira incrementar, adicione um pouco de óleo essencial de pino silvestre ou eucalipto para trabalhar os pulmões. Os óleos de hortelã pimenta, capim limão ou limão siciliano também são indicados, já que eles contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico.

Para a segunda parte da massagem, coloque a palma da mão na altura do peito e siga descendo, cruzando o cotovelo com uma leve pressão e subindo pela lateral. Para finalizar, faça uma massagem em todo o braço descendo e subindo com movimentos circulares. A manobra pode ser repetida mais de uma vez.

Como um templo, o Spa Shamash do Txai Resort Itacaré nasceu para reverenciar a natureza, transmitir a força da junção entre mata e oceano e deixar transparecer bem-estar. Os rituais, as massagens, as terapias e as práticas convidam a uma viagem no tempo e aos métodos de cura do mundo. Saberes e técnicas vindas do Havaí, da Índia, da China, da Bahia e de outras culturas são oferecidas aos hóspedes, por mãos mágicas.

Quem quiser conhecer um pouco mais sobre o universo das massagens e suas particularidades, pode acompanhar o perfil do @txairesorts no instagram.

Texto: Helena Peirão, coordenadora do Spa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

13 Maio 2020
Os cabelos compridos fazem parte do imaginário feminino, mas nem sempre é fácil conseguir ter longas e belas madeixas como é objetivo de muitas. Na busca por formas mais rápidas de fazer os cabelos crescerem, é comum se deparar com muitos mitos, fórmulas supostamente milagrosas e promessas mirabolantes que logo se frustram. Mas afinal, existe jeito de turbinar o crescimento dos fios?

A dermatologista e especialista em estética capilar e da pele, Dra. Hellisse Bastos, revela que sim, felizmente há meios de fazer o cabelo crescer mais e melhor: “Geralmente, os cabelos crescem 1 centímetro por mês, mas por alguns motivos muitas pessoas não conseguem sequer chegar a este crescimento. Mas a boa notícia é que existem alguns truques e dicas que podem fazê-los crescer mais rápido e que são relativamente fáceis de incluir na rotina diária e não necessariamente envolvem procedimentos em clínicas estéticas.”

Confira as dicas da Dra. Hellisse Bastos para ter madeixas mais compridas e saudáveis mesmo durante a quarentena:

Tenha uma dieta rica em proteínas

As proteínas animais tem vitamina B12, que nao é encontrada em grande quantidade em proteínas vegetais. Carnes, peixes, frutos do mar e em especial ovos, que tem micronutrientes importantes como a vitamina A. No caso de ser vegano ou vegetariano, Procure um nutricionista para um plano alimentar aquedado para suas necessidades e uma médico para para suplementar doses adequadas dos nutrientes insuficientes.

Tenha uma dieta rica em micronutrientes

Consuma alimentos ricos em micronutrientes como zinco, ferro, vitaminas A e C que são encontrados em sucos naturais, sucos detox, verduras verde escuro e cenoura.

Lave o cabelo com mais frequência.

É um grande mito que não se deve lavar os cabelos todos os dias. Isto não enfraquece os fios nem maltrata o couro cabeludo, se observadas algumas regras importantes. Pode sim lavar os cabelos todos os dias ou dia sim e dia não. Massagear o couro cabelo para melhorar a circulação local e evitar o uso do condicionador, que pode obstruir os folículos.

Evitar o uso frequente de chapinha e secador

Chapinha e secador afinam e danificam os fios de cabelo. Evite o uso contínuo destes e, se precisar usar, hidratar os fios e fazer uso de óleos essenciais para estimular o crescimento como óleo essencial de lavanda , óleo de rícino ou melaleuca.

Procure suplementação adequada à sua necessidade

Um medico dermatologista poderá identificar quais nutrientes estão em falta no seu organismo, seja por deficiência na alimentação ou na absorção. Assim pode ser determinado pelo profissional qual será o aporte necessário, deixando estes nutrientes em níveis otimizados para um crescimento capilar.

Evite hábitos inflamatórios

Evite fumo e consumo excessivo de bebidas alcóolicas. Diminuir o consumo de alimentos ultra processados e industrializados.

Se o seu intestino não funciona bem, a chance de não obter crescimento capilar é muito grande também. É preciso ter um intestino em bom funcionamento para ter absorção apropriada dos nutrientes pelo organismo e a eliminação de toxinas. Consulte o seu médico e veja a necessidade de prescrição de probióticos ou suplementação.

Foto de: Reprodução / MF Press Global 

Auxilio texto: Dra. Hellisse Bastos / Jennifer da Silva (Suporte MF Press Global)

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

20 abr 2020

Manter uma dieta balanceada, rica em vitaminas e sais minerais, antioxidantes, proteínas, ferro, zinco e vitaminas, não é só importante para o corpo, mas ajuda também a manter o cabelo mais forte e saudável. Para tentar fugir da queda e perda de pigmentação da cor, as vitaminas como betacaroteno e a vitamina A, presentes em beterrabas e cenouras, e são antioxidantes naturais. Contra a queda, ervas como alecrim, ajudam a combater esse inimigo, pois são adstringentes e antissépticos, auxiliando ainda na hidratação, além de desintoxicar o couro cabeludo.

Uma alimentação pobre em proteínas pode dificultar o crescimento do cabelo. “Recomenda-se, o consumo de carnes magras, grãos, cereais, ovos e feijão já que é importante entender que mais de 80% do cabelo é formado por uma proteína denominada de queratina”, comenta Dr. Paulo Lessa, médico e proprietário do Instituto Lessa. A queda de cabelo está relacionada com vários fatores, como estresse e a realização de dietas restritivas sem acompanhamento. “Uma pessoa que se alimenta mal pode apresentar deficiência de certas proteínas, vitaminas e oligoelementos, substâncias essenciais para garantir a força dos cabelos e promover seu crescimento”.

Nessa correria do dia a dia, muitas pessoas optam por uma alimentação mais prática, pobres em nutrientes e afetam diretamente o ciclo capilar, desequilibrando o couro cabeludo.  “Alimentos ricos em gorduras,  frituras, carboidratos e açúcares em exagero não são nada bom para saúde capilar. Prejudicando assim o equilíbrio do couro cabeludo, aumentando oleosidade, podendo ocasionar descamação, inflamação,  e ocasionam até a  queda dos fios“, revela a tricologista Viviane Coutinho, da clínica Viviane Coutinho Reabilitação Capilar

Lembrando que os fios não são órgãos vitais, o nosso estoque de nutrientes precisa estar alto para que cheguem aos cabelos. “Precisamos entender que quando falamos em saúde capilar é preciso unir uma alimentação rica em nutrientes, investir em cosméticos que supram as necessidades do seu cabelo e couro cabeludo e mantermos nossos hábitos saudáveis. Assim, conseguiremos chegar ao embelezamento através da saúde”, revela Viviane. A queda de cabelo tem que ser tratada de dentro para fora. “Nutrir, hidratar e se necessário, suplementar, é o segredo para fios mais bonitos e saudáveis”, conclui Dr. Paulo Lessa.

Auxilio texto: Dr. Paulo Lessa, médico e proprietário do Instituto Lessa / Thiago Freitas ([email protected])

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

13 abr 2020

Sempre ouvimos que “prender o cabelo demais prejudica o cabelo”, ou que “abafar os fios com o uso do boné faz mal para a saúde capilar”. Pois é, mas com a chegada do Coronavirus ao mundo, nossos hábitos tiveram que mudar. Além disso, o estresse causado pelo isolamento social aumenta a produção de cortisol, um hormônio que impacta diretamente a saúde dos fios. Pensando nesse período de isolamento social, o médico da Mais Cabello. André Ramos, especialista em saúde capilar dá dicas de como cuidar do cabelo em casa.

1) Lavar o cabelo com freqüência: durante a quarenta, como as pessoas têm saído menos de casa, a tendência é lavar menos o cabelo. Isso é um erro! O couro cabeludo retém sujeira, e pode gerar doenças no couro cabeludo como a dermatite seborréica (caspa) que leva a queda capilar; o ideal é lavar todos os dias ou a cada dois dias;

2) Descansar o cabelo das químicas: é um bom momento para deixar de lado as agressões químicas do cabelo, como tintura, alisamento e até outros procedimentos que no dia a dia agridem nosso cabelo, como secador e chapinha. É tempo de deixar os fios recuperarem sua composição saudável;

3) A tração é um dos grandes fatores de queda capilar (alopecia de tração). Puxar, esticar muito o cabelo para prender, esticar com secador de cabelo propicia a queda. Aproveitar o período em casa para descansar o cabelo, deixá-los soltos, é uma boa opção.

4) O hábito alimentar também mudou na quarentena. As pessoas têm consumido mais carboidratos e fast food, que não têm os nutrientes necessários para o fortalecimento dos fios. É importante manter uma alimentação balanceada, rica em proteína, vitaminas e minerais.
Auxilio texto: Ana Rios [email protected] / médico da Mais Cabello. André Ramos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

Sobre a Mariah

Oiii bloguetes, sejam bem vindas (os) !!

Este é o nosso espaço, onde divido com vocês as minhas idéias, viagens, novidades sobre beleza e claro, vídeos pra lá de engraçados com dicas de cabelo, maquiagem, receitas… Tudo o que nós gostamos de saber!

O blog existe desde Outubro de 2007 e, quando comecei nessa vida de blogueira, não imaginava no que ele poderia se transformar um dia! Graças à vocês, que estão comigo todos os dias, o blog tem muitos acessos e ficou conhecido no Brasil e exterior.

Não posso deixar de mencionar um fato que sempre me faz muito feliz (muito mais do que acessos, comentários, anúncios),que é conhecer cada uma de vocês!!! Nada melhor do que fazer novas amizades, e até quem sabe, novos negócios!

Essa é a nossa casa! E vamos continuar com o nosso papinho de amigas (os)?

Beijos com carinho,
Mariah

Fale com a Mariah

Olá, bem vindos!!

Endereço para contato do Blog da Mariah:
Rua General Glicério, 870 / Centro / Araçatuba-SP / CEP: 16010-080

ou no email: [email protected]

Obrigada!!

Receba nossa newsletter

e acompanhe a Mariah nas redes sociais!

Anuncie

Tem interesse em anunciar no Blog da Mariah?
Por favor, não hesite em entrar em contato conosco no email

[email protected]

Obrigada!