Jujuba Jóias
moda
tendências
viagens
beleza
decor
cultura
culinária
30 out 2020

Nada melhor do que uma pele viçosa, com aquele aspecto de saúde. Para isso, hidrata-la com frequência é um fator crucial. Assim como a proteção solar, a hidratação é uma etapa fundamental para o dia a dia. E, apesar de que para muitos isso já seja uma ação automática, pouco se sabe dos reais benefícios desse hábito ao corpo e quais os malefícios a desidratação pode causar.

Primeiramente, é essencial entender a importância desse cuidado para o corpo. Produtos hidratantes, ajudam no equilíbrio da composição corporal por meio da reposição de água no organismo, que representa cerca de 50% a 65% do nosso corpo, sendo essencial para o bom funcionamento de todo o nosso organismo. “A hidratação diária é muito importante, tanto pela ingestão de líquidos quanto, pelo uso de hidratantes”, declara Bruna Souza, Coordenadora de Produtos da Mahogany.

Esse hábito impede alguns fatores indesejados como descamação, coceira, aspereza e ressecamento da pele. Por isso, é necessário ingerir água regularmente, o equivalente a dois litros por dia, evitando assim a desidratação. “Devido ao atual cenário estamos vivendo, em que se exige uma higienização intensificada, além do uso constante de álcool gel e máscaras de proteção, a pele tem sofrido alguns danos, ficando mais ressecada e vulnerável, podendo até provocar fissuras e feridas na derme. Sendo assim, hidratá-la se torna ainda mais necessário”, destaca.

É fundamental investir em produtos diferentes para cada região. O dermocosmético destinado ao corpo não deve ser usado no rosto, por exemplo. É bem comum que o hidratante corporal contenha uma formulação que não é muito bem aceita pelo rosto, já que essa região possui naturalmente mais oleosidade e, consequentemente, maior propensão à formação de acne.

“Os cremes corporais hidratantes podem agir de três formas. Oclusiva, apresentando ingredientes com ação emoliente, que criam uma película sobre a pele, impedindo a perda de água; umectante, com ativos que umedecem a cútis, retendo a água em sua superfície; e hidratante ativa, com substâncias capazes de atingir a derme e aumentar o fator de hidratação natural”, pontua.

O mais indicado é utilizar um creme que seja específico para cada tipo de pele. “Para as mais secas, os hidratantes mais densos são os mais recomendados uma vez que possuem mais matérias-primas emolientes, o que impede a evaporação de água da derme. Para a pele normal e oleosa os fluídos são os mais recomendados, por possuírem componentes umectantes, que retiram a água da atmosfera e atrai a água das camadas mais profundas da pele, promovendo sua hidratação” ressalta.

Priorizar a hidratação cutânea proporciona inúmeros benefícios, entre eles maciez, viço e luminosidade. Além disso, previne o envelhecimento precoce, preserva a elasticidade e o colágeno, garantindo saúde à pele. “Aplicar o dermocosmético após o banho é uma boa opção. Por estar umedecida, ela absorverá melhor o produto”, sugere.
Hidratante Maximum Care Vital Dermo 350ml
O Hidratante Maximum Care Vital possui alto poder de hidratação devido a sua fórmula com os poderosos ativos vitamina E, manteiga de Karité e óleo de amêndoas que proporcionam o máximo cuidado com a pele do corpo todo. Sua textura é leve, possui rápida absorção e secagem rápida. Além disso, perfuma a pele com uma fragrância confortável e sofisticada.
Creme Tratamento para os pés Foot Care Vital Demo 200ml
Desodoriza e promove a vitalidade, proporcionando todo o cuidado necessário para que os pés fiquem com a pele macia, hidratada, íntegra e livre de odores. Sua fórmula em creme de textura leve contém óleo de melaleuca (tea tree oil) e extrato de hortelã que além dos cuidados, proporcionam uma sensação de refrescância.
Creme Reparador de Pele Relipidant Vital Dermo 150ml
O Reparador de Pele Relipidant Vital repõe lipídios na pele, deixando-a com o aspecto hidratado e saudável. Especialmente formulado para auxiliar na regeneração e hidratação de zonas ásperas, com ressecamento intenso ou sensibilizadas (exposição ao sol, prática de esportes, tatuagens e outros). Possui niacinamida um ativo que estimula proteínas de extrema importância para a barreira epidérmica, além de manteiga de karité, pró-vitamina B5, óleo de amêndoas e queratina hidrolisada, que são ótimos para dar vitalidade à pele.

Sobre a Mahogany

Uma das principais empresas do mercado que, desde 1991, produz cosméticos de alto padrão desenvolvidos junto com as principais casas de fragrâncias internacionais. Em seu amplo portfólio, que conta com mais de 50 fragrâncias masculinas e femininas, é possível encontrar o produto certo para todos os momentos. A marca exalta a essência da liberdade, paixão, aventura e, principalmente, da vitalidade. Por meio de seus itens, busca proporcionar experiências sensoriais que revigoram e transmitem a sensação do “verdadeiramente vivo”, melhorando o estado de espírito e a certeza de que sempre é possível despertar a sua melhor versão.

Atualmente, seus produtos podem ser encontrados em unidades da marca no Brasil e na loja de Santiago, no Chile, além do e-commerce e também por meio de consultoras de venda direta.

Para saber mais, acesse: http://www.mahogany.com.br
Auxilio texto: Viviane Bomfim ([email protected])
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

28 out 2020

A máscara já virou acessório indispensável nas nossas vidas e não temos ideia de até quando seguiremos com essa obrigatoriedade de uso. Mas, se por um lado ela nos protege de um vírus tão perigoso, pelo outro, ela pode provocar (ou potencializar) algumas doenças na pele do rosto e lábios, principalmente para quem faz uso prolongado do equipamento de proteção.

Entre os problemas mais comuns que o uso excessivo da máscara pode causar, estão: acne, dermatite e ressecamento com rachaduras e descamação, bem comuns nos lábios. Para minimizar esses incômodos, a Dermatologista Nádia Bavoso reuniu algumas dicas práticas que podem – e devem – ser seguidas por mulheres e homens:

  1. Lave sempre o rosto com um sabonete suave e próprio para o seu tipo de pele e evite água mais quente. Se você tem dificuldade em lavar com água fria, opte por uma temperatura pouco acima da ambiente. Quanto mais quente a água, mais ela agride a pele que já está mais sensível;
  2. Hidrate muito bem o rosto e lábios pela manhã e antes de dormir. Se você já voltou à rotina de trabalho e passa o dia com a máscara, vale carregar um hidratante e reforçar ao longo do dia. Os lábios merecem uma atenção especial e pedem uma hidratação contínua ao longo do dia. Já para o rosto, uma dica: logo depois de escovar os dentes após almoço, lave o rosto só com água e já hidrate o rosto todo. Como a maioria dos homens não é muito fã de cremes, minha sugestão é investir em algo bem clássico, que absorve rápido e sem muita fragrância. As drogarias estão cheias de opções masculinas interessantes e com valor super acessível;
  3. Evite usar maquiagem na região que a máscara cobre, quanto menos produtos que impedem a respirabilidade da pele, melhor. Aposte em um corretivo e use e abuse das makes nos olhos;
  4. Não esqueça do protetor solar. Esse item é indispensável sempre e não seria diferente mesmo com as máscaras. O mercado tem uma infinidade de opções atualmente. Minha sugestão é usar um à base de água para aproveitar e já hidratar a pele. Ah!, e para as mulheres que gostam de se maquiar, vale a pena investir em um protetor com cor que não faz mal para a pele como uma base;
  5. Por último e não menos importante: prefira máscaras de algodão ou de tecidos que não abafem mais o local. Temos visto muitas máscaras diferentes e até com paetês e brilhos, mas não recomendo o uso desses tecidos por muitas horas, podem podem irritar ainda mais a pele. Se você quer combinar a máscara com o look, uma saída é usar a mais suave ao ao longo do dia e deixar a mais fashion para ocasiões especiais;
  6. Se mesmo com todos esses cuidados você perceber o surgimento de irritações, espinhas ou vermelhidão, procure um médico imediatamente. Quanto mais atrito da máscara na pele machucada, pior. E quanto antes as doenças forem identificadas, mais rápida a recuperação.

Auxilio texto: Yara Simões | Doppler Saúde Mkt ([email protected]) / Dermatologista Nádia Bavos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

26 out 2020

Com o uso obrigatório de máscaras de proteção, a região dos olhos ganhou destaque e, consequentemente, as olheiras também. O problema que atinge a maioria da população apresenta diferentes tipos e afeta homens e mulheres. Para saber como se livrar desse contratempo, a dermatologista especialista em cosmiatria e parceria Belliz, Luciana Garbelini, explica os principais tipos de olheiras e como tratá-las.

O QUE SÃO OLHEIRAS?

“Basicamente, as olheiras são manchas escuras localizadas nas pálpebras que aparecem em decorrência de vasinhos que se tornam visíveis abaixo da camada fina de pele. Para se ter uma ideia, a pele do restante do corpo pode vir a ter cerca de 2 milímetros de espessura, enquanto a pele da região dos olhos tem em média 0,5 milímetro. Por isso, essa área está mais favorável ao aparecimento de colorações escuras”, explica Garbelini.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE OLHEIRAS? 

  • Olheiras profundas – são recorrentes em pessoas com o globo ocular naturalmente mais profundo, por questões genéticas, ou por perderem o preenchimento natural devido ao envelhecimento ou perda intensa de peso.
  • Olheiras vasculares – podem apresentar tons azulados, arroxeados ou avermelhadas e aparecem devido à má circulação do sangue depois de noites mal dormidas.
  • Olheiras pigmentares – geralmente são identificadas pelos tons amarronzados e são mais frequentes em pessoas com excesso de melanina ao redor dos olhos.
  • Olheiras mistas – este é o tipo mais comum entre as possíveis olheiras, são as olheiras que possuem mais de uma causa e que, muitas vezes, estão associadas ao seu desenvolvimento, como genética, bolsas de gordura ou flacidez, acúmulos de vasos, entre outros.

 

COMO TRATÁ-LAS?

  • Máscaras faciais – “Máscaras desenvolvidas especialmente para essa área do rosto, como os adesivos em gel, são super indicadas para melhorar o aspecto das olheiras. Em sua formulação, vale observar se o produto contém o ativo acetil tetrapeptídeo. Isso porque a substância tem ação descongestionante e antiedematosa para a região periocular, promovendo sensação de relaxamento na região dos olhos e reduzindo marcas de expressão e olheiras”, aponta Garbelini.
  • Compressas de água – Para suavizar as olheiras, Garbelini indica compressas de água fria. “A baixa temperatura das compressas provoca a vasoconsticção, que nada mais é do que a diminuição dos vasinhos pela redução de circulação do sangue na área sensível”, explica a parceira Belliz. Porém, Garbelini faz um alerta, “é importante não deixar a compressa muito gelada, já que, por ter a pele mais fina, a região pode queimar com mais facilidade.”
  • Massagens na região – “Massagear a região das pálpebras funciona como uma drenagem linfática e pode ajudar diminuir o edema da área”, pondera a dermatologista que dá o passo a passo. “Aplique um creme próprio para a região dos olhos e com o dedo anelar deslize com suavidade, do canto interno da pálpebra superior para o canto externo, fazendo uma leve pressão. Depois, repita o processo na parte inferior dos olhos. Para finalizar, dê leves batidinhas na região com a ponta dos dedos indicador e médio.”

Auxilio texto: Catarina Armelin | bcbiz. ([email protected]) / dermatologista especialista em cosmiatria e parceria Belliz, Luciana Garbelini

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

16 out 2020
A nutricionista Juliana Vieira elencou o que comer e o que deve ser evitado para que cravos e espinhas não apareçam. 
 
Você já passou da adolescência faz tempo, mas as acnes ainda cismam em aparecer? Você não está sozinho. A Sociedade Brasileira de Dermatologia estima que 56% da população convive com o problema depois dos 25 anos, principalmente mulheres. 
 
Uma grande ajuda para ter a pele mais lisa está na alimentação. A nutricionista Juliana Vieira listou alimentos que devem ser evitados para que você se previna do aparecimento de cravos e espinhas. 
 
1) Laticínios (elevam os níveis de testosterona).
 
2) Alimentos com alto índice glicêmico, como os fast foods, batatas, refrigerantes, farinha de trigo e açúcar refinado.(elevam nível de insulina)
 
Segundo a profissional é mito que o chocolate pode provocar acne. 
 
“Não é o chocolate em si, mas os laticínios e o açúcar no chocolate os causadores”, explica.
 
Juliana afirma que se você acha que é sensível a determinados alimentos, tente eliminá-los da dieta durante algumas semanas para ver se a acne melhora.
 
Alguns episódios de acne podem estar relacionados a suplementos à base de kelp (algas), suplementos em geral e sal iodado. 
 
Vieira também elencou alimentos que devem ser acrescentados na dieta como prevenção à acne. 
 
1)Fontes de vitamina C e A
 
O betacaroteno, que o corpo converte em vitamina A, pode reduzir a produção dessas células. As melhores fontes alimentares de betacaroteno são frutas de cor laranja ou amarela e verduras de folhas verde-escuras. Frutas cítricas e silvestres, kiwi, melão e melancia, pimentas, brócolis e repolho são especialmente ricos em vitamina C.
 
2)Alimentos ricos em vitamina B6
 
Encontrada em carne, peixes, aves, grãos integrais, feijão, lentilha, abacate, nozes e castanhas, batata, banana e verduras folhosas.
 
3)Alimentos  ricos em zinco
 
Alguns estudos vinculam esse mineral a uma pele saudável e sugerem que ele pode melhorar a acne. O zinco promove o equilíbrio dos níveis hormonais e ajuda a cicatrização. Frutos do mar, carne vermelha, aves e grãos integrais são ricos em zinco.
 
3)Alimentos ricos em ômega-3
 
Os ácidos graxos ômega-3 ajudam a controlar a inflamação da acne. Peixes e linhaça são ricos nessas gorduras. 
 
“A dieta de eliminação sob a supervisão de um nutricionista é a melhor maneira de se descobrir quais alimentos afetam o sistema imune”, finaliza. 
Auxilio texto: Thiago Martins (t[email protected]) / nutricionista Juliana Vieira
Imagem: https://oglobo.globo.com/ela/beleza/pele/como-evitar-aparecimento-de-acne-na-idade-adulta-22852194
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

POSTS RELACIONADOS

Sobre a Mariah

Oiii bloguetes, sejam bem vindas (os) !!

Este é o nosso espaço, onde divido com vocês as minhas idéias, viagens, novidades sobre beleza e claro, vídeos pra lá de engraçados com dicas de cabelo, maquiagem, receitas… Tudo o que nós gostamos de saber!

O blog existe desde Outubro de 2007 e, quando comecei nessa vida de blogueira, não imaginava no que ele poderia se transformar um dia! Graças à vocês, que estão comigo todos os dias, o blog tem muitos acessos e ficou conhecido no Brasil e exterior.

Não posso deixar de mencionar um fato que sempre me faz muito feliz (muito mais do que acessos, comentários, anúncios),que é conhecer cada uma de vocês!!! Nada melhor do que fazer novas amizades, e até quem sabe, novos negócios!

Essa é a nossa casa! E vamos continuar com o nosso papinho de amigas (os)?

Beijos com carinho,
Mariah

Fale com a Mariah

Olá, bem vindos!!

Endereço para contato do Blog da Mariah:
Rua General Glicério, 870 / Centro / Araçatuba-SP / CEP: 16010-080

ou no email: [email protected]

Obrigada!!

Receba nossa newsletter

e acompanhe a Mariah nas redes sociais!

Anuncie

Tem interesse em anunciar no Blog da Mariah?
Por favor, não hesite em entrar em contato conosco no email

[email protected]

Obrigada!